Em 2012, o LinkedIn foi hackeado. Dados foram roubados e deve ter havido muita gente brava no escritório da rede social, tenho certeza.

Apesar da enorme dimensão do hacking, o LinkedIn continuou e tudo lentamente voltou ao normal.

Quer dizer, até hoje. Um hacker diz ter roubado 117 milhões de logins e senhas, obtidos a partir do vazamento do banco de dados em 2012. O que é particularmente estranho (e potencialmente alarmante) é que o número em oferta é muito maior do que se pensava anteriormente.

Na dúvida, é melhor alterar sua senha o mais rapidamente o possível.

Enquanto há muito trabalho para o LinkedIn e as autoridades, o que você pode fazer agora para se proteger?

Eis algumas dicas:

1: Alterar a sua senha. AGORA. Se você não tiver certeza o quão forte é a sua password, faça teste com nosso verificador de senha aqui.

2: Ative a autenticação de dois fatores.

Saiba como fazer isso aqui.

3: Se você estava usando a mesma senha em diferentes contas (e-mail, redes sociais, etc), mude-a em todas o mais rápido possível para garantir que hackers não possam entrar em suas outras contas. E use passwords diferentes a partir de agora – reutilizar a mesma é perigoso.

E é isso. Você tem outras dicas que para manter suas contas sociais seguras?

Deixe-nos saber nos comentários no nosso facebook



Wednesday, May 18, 2016







« Voltar